φύσις κόσμος αίων κρόνος καιρός

A NATUREZA E O TEMPO (O MUNDO)


cronos periodizações
esta seção problematiza aspectos de periodização do tempo e do vigor do tempo (a vida e a morte)
   a aurora na neblina    mundos antigos Antiguidade Oriental, Mediterrânea, Antiguidade Tardia, Alta Idade Média
nesta seção: Antiguidade Oriental, Mediterrânea, Antiguidade Tardia, Alta Idade Média (cerca do século 11)
   nova antiguidade baixa idade média e idade moderna
nesta seção: da baixa idade média (cerca do século 11) à idade moderna (meados do 19)
   mundos modernos de meados do século 19 a meados do século 20
nesta seção: de meados do século 19 a meados do século 20
   depois do fim do mundo depois de 1945
nesta seção: depois de 1945
   Brasis


Grupo de Pesquisa em HISTÓRIA DA CULTURA: NATUREZA, ARTE E PAISAGEM



última atualização: 02/04/2017

a natureza e o mundo
aviso aos navegantes: sobre este sítio

grupos de estudos
disciplinas de pós-graduação
disciplinas de graduação
apoio didático

bibliografia citada
contato/ comentar
termo de uso/imagens

sobre o autor
Follow me on Academia.edu

minha produção/ publicações

meus outros sítios e pesquisas, sendo trazidos para este domínio (abrem em nova página):
  • espiral
  • paisagem, cultura e participação social
  • eu creio
  • paisagens em debate
  • poéticas


atualize sempre as páginas para certificar-se de carregar a última versão

conheça também:
espiral da sensibilidade e conhecimento, labcidade fau usp, universidade livre e colaborativa



A natureza e o tempo. De que se trata? ... o mundo

"Cientificamente, a era moderna começou no século XVII e terminou no limiar do século XX; politicamente, o mundo moderno em que vivemos surgiu com as primeiras explosões atômicas. Não discuto este mundo moderno que constitui o fundo sobre o qual este livro foi escrito. Limito-me, de um lado, a uma análise daquelas capacidades humanas gerais decorrentes da condição humana, e que são permanentes, isto é, que não podem ser irremediavelmente perdidas enquanto não mude a própria condição humana. Por outro lado, a finalidade da análise histórica é pesquisar as origens da alienação no mundo moderno, o seu duplo voo da Terra para o universo e do mundo para dentro do homem, a fim de que possamos chegar a uma compreensão da natureza da sociedade, tal como esta evoluíra e se apresentava no instante em que foi suplantada pelo advento de uma era nova e desconhecida."
(ARENDT, Hannah. A condição humana. Trad. Roberto Raposo. Rio de Janeiro: Forense, 2004 (1958), pag. 14.Hannah Arendt).



fig 1. Caspar David Friedrich (1774-1840), Caminhante Sobre o Mar de Névoa. By Caspar David Friedrich - Web Gallery of Art, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=1037098. This work is in the public domain in its country of origin and other countries and areas where the copyright term is the author's life plus 100 years or less. Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Caspar_David_Friedrich acesso em 09/03/2016.


visitação desde 13/01/2016:





Leia no menu lateral esquerdo a Licença de Uso do material deste sítio. Cada artigo, respeitado disposto nessa licença, apresenta no início a forma de citação adequada.

usamos software livre   bluefish    gthumb



http://anaturezaeotempo.net.br
uma proposta de euler sandeville