a natureza e o tempo (o mundo)

apresentação      a antiguidade dos mundos      a brevidade do presente      brasis


APRESENTAÇÃO E CONCEITUAÇÃO DO PROJETO
conceituação    cronos    geo    estrutura    ensino


ESTRUTURA DO PROJETO
por Euler Sandeville Jr.
Versão inicial 07/01/2016.
Ampla revisão definindo um novo texto: 14/02/2017.
Atualização: 15/06/2017.



Pesquisar é indagar a existência.
φύσις κόσμος αίων κρόνος καιρός
este mundo está em guerra, embora muitos de nós desejem a paz


como citar:
SANDEVILLE JR., Euler. “A Natureza e o Tempo (o Mundo): a estrutura do projeto”. A Natureza e o Tempo (o Mundo), on line, São Paulo, 2016. Disponível em http://biosphera21.net.br/2-NATUREZA-1-CONCEITUACAO-estrutura.html, acesso em XX/XX/XXXX.



O Projeto A Natureza e o Tempo (o Mundo) desenvolve estudos de história da cultura a partir da história da ideia de natureza e dos saberes e processos criativos na transformação do espaço, em uma perspectiva crítica dos nexos nos processos de sua produção, com foco nos campos da representação e do imaginário, da construção e transformação de significados, valores e comportamentos e das tensões entre diferentes territorialidades e representações culturais. Colocam-se assim em questão as visões de mundo e a construção de seus significados, bem como os esforços interpretativos, que os diversos sujeitos e projetos mobilizam no âmbito do imaginário e da cultura e nos processos de produção social das paisagens, suas formas de subjetivação, apropriação, valoração e gestão.


I. APRESENTAÇÃO, CONCEITOS E MÉTODOS

I. 1. CONCEITUAÇÃO (apresenta a proposta do trabalho)
I. 2. CRONOS: MUNDOS (Algumas questões de método)
I. 3. GEO (As regiões do mundo, adotadas neste projeto)

II. SOBRE LONGA ANTIGUIDADE DOS MUNDOS

II. 1. A AURORA NA NEBLINA (os relatos das origens, até o neolítico)
Nossa Terra incógnita: amnésia e imaginação: hic sunt dracones

II. 2. A LONGA ANTIGUIDADE DOS MUNDOS I (3500 a.C. 64 a.C.)
A natureza, o sagrado e o sobrenatural, o divino, as terras e os tempos.

AION/FONTES/PLANETÁRIO
[ 3500 a.C. a 1571 a.C.]
[ 1570 a.C. a 1150 a.C.]
[ 1550 a.C. a 0900 a.C.]
[ 0900 a.C. a 0613 a.C.]
[ 0612 a.C. a 0 539 a.C.]
[0 538 a.C. a 0337 a.C.]
[0 336 a.C. a 0064 a.C.]

II. 3. A LONGA ANTIGUIDADE DOS MUNDOS II (63 a.C. a 1054 d.C.) A natureza, o sagrado e o sobrenatural, o divino, as terras e os tempos.

AION/FONTES/PLANETÁRIO
[ 063 a.C. a 013 d.C.]
[ 014 d.C. a 097 d.C.]
[ 098 d.C. a 324 d.C.]
[ 324 d.C. a 380 d.C.]
[ 380 d.C. a 477 d.C.]
[ 478 d.C. a 629 d.C.]
[ 630 d.C. a 799 d.C.]
[ 800 d.C. a 961 d.C.]
[ 962 d.C. a 1054 d.C.]

II. 4. MUNDUS NOVUS (cerca 1054 a 1750/1774) A invenção da Europa, a nova Antiguidade. Do sobrenatural à natureza.

AION/FONTES/PLANETÁRIO
[ 1054 d.C. a 1257 d.C.]
[ 1258 d.C. a 1414 d.C.]
[ 1415 d.C. a 1491 d.C.]
[ 1492 d.C. a 1547 d.C.]
[ 1548 d.C. a 1648 d.C.]
[ 1649 d.C. a 1749 d.C.]

III. SOBRE A BREVIDADE DO PRESENTE

III. 1. MUNDOS MODERNOS (c.1750 A 1945).

AION/FONTES/PLANETÁRIO
[ 1750 d.C. a 1807 d.C.]
[ 1808 d.C. a 1847 d.C.]
[ 1848 d.C. a 1888 d.C.]
[ 1889 d.C. a 1913 d.C.]
[ 1914 d.C. a 1932 d.C.]
[ 1933 d.C. a 1944 d.C.]

III. 2. MUNDOS CONTEMPORÂNEOS (OU DEPOIS DO FIM DO MUNDO) (depois de 1945). O mundo como matéria. about:config: hic sunt dracones.

AION/FONTES/PLANETÁRIO
[ 1945 d.C. a 1954 d.C.]
[ 1955 d.C. a 1963 d.C.]
[ 1964 d.C. a 1973 d.C.]
[ 1974 d.C. a 1988 d.C.]
[ 1989 d.C. a 2000 d.C.]
[ 2001 d.C. a 2009 d.C.]
[ 2010 d.C. a 20XX d.C.]

IV. NATUREZA E CULTURA NO BRASIL

V. TEMAS TRANSVERSAIS

VI. PLANETÁRIO


III. PROJETO, ENSINO E OFICINAS

os estudos se rebatem, alimentam e avançam através dessas interfaces presenciais em projetos didático-pedagógicos



como citar:
SANDEVILLE JR., Euler. “Visões da natureza e do mundo“. A Natureza e o Tempo (o Mundo), on line, São Paulo, 15 de junho de 2017.





estudos em história da cultura, das artes e da paisagem:
representações, imaginário, práticas e poéticas

sobre/contato


Este mundo está em guerra, embora amemos a paz




Animação de Euler Sandeville, provável 2001
gerar ideias de ações melhores para o Século 21.

religare ↑

espiral da sensibilidade e do conhecimento ↑



uma proposta de Euler Sandeville Jr.


^ retornar ao início da página


usamos software livre ubuntu / xubuntu  bluefish bluefish  libre office   gthumb gthumb